Home Cursos Artes Cinema Cultura Literatura Curso | Quando os contos vão ao cinema

Curso | Quando os contos vão ao cinema

Entre todas as artes, é possível que a literatura seja aquela que mais inspire o cinema. Não são poucas as grandes histórias que viraram filmes, permitindo associar imagens, sons, cores, luzes e novas possibilidades de interpretação às palavras contidas em uma narrativa. Ao contrário da famosa frase, “o livro é sempre melhor que o filme”, aqui se estabelece uma relação dupla: assim como muitos livros precisam sofrer adaptações para os limites do cinema, vários filmes igualmente acabam ampliando a visão presente na obra literária. Neste curso, Gustavo Melo Czekster apresenta uma série de contos ou narrativas curtas que deram origem ou inspiraram obras cinematográficas, não analisando as obras por um viés técnico, mas como leitor e espectador, concentrando-se nos temas tratados na fricção entre imagem e palavra e abrindo o debate em busca do que temos de mais humano, das nossas contradições e pequenas glórias.

Programa:

09/02 – Encontro 1: Transposição, transcriação – contos de Ernest Hemingway e Julio Cortázar.
16/02 – Encontro 2: Um sabor local – contos de Juan Carlos Onetti e Jorge Luis Borges.
23/02 – Encontro 3: No divã ou no banco dos réus? – contos de Ingeborg Bachmann e Guy de Maupassant.
09/03 – Encontro 4: A visceralidade e a carnalidade – contos de Nelson Rodrigues e Guimarães Rosa.
16/03 – Encontro 5: Outros lugares, mesmos dramas – contos de Edgar Alan Poe, Fiódor Dostoiévski e Ryunosuke Akutagawa.
23/03 – Encontro 6: Abrindo as portas que levam ao humano – contos de Arthur C. Clarke e Ted Chiang.


Este curso é pra você que…

Tem experiência literária ou não
Está disposto a conversar sobre os meandros da criação de algumas obras literárias e cinematográficas
Possui interesse em ler sob uma outra ótica, mais intensa e visceral, ampliando a experiência tanto de leitura
quanto de ver um filme

Metodologia

O professor disponibilizará os contos que serão estudados em cada encontro por meio de um arquivo em PDF. Também disponibilizará os links ou informará sobre as plataformas em que se encontram os filmes. Após uma apresentação expositiva sobre o conteúdo do encontro, serão debatidos os elementos centrais das obras e como eles são trabalhados dentro de uma forma literária e no interior de uma narrativa fílmica.

Contos que serão abordados:
Ernest Hemingway: As neves do Kilimanjaro
Julio Cortázar: As babas do diabo
Juan Carlos Onetti: Jacob e um outro
Jorge Luis Borges: A intrusa
Ingeborg Bachmann: Trinta anos
Guy de Maupassant: A Maison Tellier / A modelo / A máscara
Nelson Rodrigues: A dama do lotação
Guimarães Rosa: A hora e a vez de Augusto Matraga
Edgar Allan Poe: O homem na multidão
Fiódor Dostoiévski: Noites brancas
Ryunosuke Akutagawa: Rashomon / Dentro do bosque
Arthur C. Clarke: A sentinela / Encontro no alvorecer
Ted Chiang: História da sua vida

 

valores:
R$ 290,00
R$ 250,00 – assinante da MUNDI (inclui todos os planos) – Solicite cupom de desconto.
Curso online. Necessária inscrição prévia pelo site ou nos contate através do e-mail cultura@casamundi.com.br ou pelo whatsapp (51) 99151-6885.
Parcelamento no cartão em até 3x.
Após inscrição realizada, enviaremos o link com instruções para acesso ao encontro virtual.

EMISSÃO DE CERTIFICADO.

Data

09 fev 2022
Expired!

Horário

10:00 - 11:30

Detalhes

ONLINE

Preço

R$ 290,00

Docente

  • GUSTAVO CZEKSTER
    GUSTAVO CZEKSTER
    Escritor e ministrante de oficinas

    Gustavo Melo Czekster é advogado, formado em Direito pela PUC-RS, mestre em Letras (Literatura Comparada) pela UFRGS e doutor em Escrita Criativa pela PUC-RS. É palestrante na área de Literatura e ministrante de oficinas. É escritor, autor de dois livros de contos: “O homem despedaçado” (Dublinense, 2013) e “Não há amanhã” (Zouk, 2017). Com o segundo livro, foi vencedor do prêmio Açorianos 2017 (categoria Contos), do prêmio AGES de Literatura (categoria Contos e categoria Livro do Ano) e do prêmio Minuano de Literatura (categoria Contos), tendo sido finalista do Prêmio Jabuti 2018 (categoria Contos). Em 2021, lançou o livro “A nota amarela, seguida de ‘Sobre a escrita – um ensaio à moda de Montaigne’”.

Rolar para cima