Home Cursos Artes Cultura História Literatura Curso – Colômbia: estigmas e expressões culturais

Curso – Colômbia: estigmas e expressões culturais

É impossível negar que durante décadas a Colômbia esteve sob o estigma da violência protagonizada pelas guerrilhas e pelo narcotráfico. Mesmo com o processo de pacificação iniciado no início dos anos 2000, a imagem do duro fardo levado pelo país persistiu — ou ainda persiste — no imaginário popular por inúmeros filmes e séries de TV que ressuscitaram a figura de Pablo Escobar, seus sicários e as várias faces do crime organizado. Entretanto, atrás desse cenário nebuloso, existe uma notável gama de expressões culturais e iniciativas que elevam o prestígio do país e o caracterizam como polo criativo e inovador na América Latina.

 

A partir de uma cronologia histórica, Tiago Halewicz aborda neste curso as diversas vozes da cultura colombiana na literatura, música, cinema e artes visuais, e ressalta a herança legada pelos povos originários para a constituição dessas linguagens.

 


O QUE VOCÊ VAI VER NESTE CURSO:
– Aspectos gerais da colômbia
– Cronologia histórica desde o mundo pré-hispânico
– A construção do imaginário da violência
– Gabriel García Márquez e o boom latino-americano
– Laura Restrepo, Juan Gabriel Vásquez e outras vozes literárias
– As produções de cinema e televisão
– O discurso da forma: dos artefatos pré-hispânicos a Fernando Botero
– A música de concerto no século 20
– Da Colômbia para o mundo: o fenômeno do pop latino

opções de inscrição

online

R$240
  • público geral
  • via aplicativo Zoom

online

R$200
  • assinante da MUNDI | CULTURA EM REVISTA
  • via aplicativo Zoom

Data

25 maio 2022

Horário

19:00 - 20:30

Detalhes

HÍBRIDO

Preço

DIVERSOS

Docente

  • TIAGO HALEWICZ
    TIAGO HALEWICZ
    Pesquisador na área da cultura

    Editor da MUNDI, Tiago Halewicz é diretor cultural e sócio da Casamundi. Como viajante, conduz grupos por todos os continentes, compartilhando o seu conhecimento multidisciplinar. É autor de dois livros e já realizou curadoria e organização de várias exposições, mostras de cinema e concertos. Atua como pesquisador na área de cultura polonesa. Em 2015, Tiago recebeu a medalha de Ordem de Honra dos Cavalheiros da República da Polônia.

Rolar para cima